Flores sem preconceito

Desde que comecei a trabalhar com as flores escuto sempre alguém dizendo que não gosta de uma flor por que acha cafona, da outra porque lembra cemitério e da outra porque é feia, etc. Sendo assim, decidi que, já que trabalharia com elas teria de desmistificar todos os meus próprios preconceitos (tinha alguns) e além disso me prontifiquei a trabalhar com a diversidade. Chega de mesmice, queria viver o novo.

O trabalho é longo e nunca tem fim, meus dias foram cada vez mais invadidos por elas. Minhas pesquisas no pinterest eram somente relacionadas as flores, visitava frequentemente todas as floriculturas por onde andava e comecei a seguir todos os profissionais sem preconceito, com a simples ideia de conhecer o jeito que cada um enxerga esse mundo tão maravilhoso que estou envolvida.

Resolvi me propor um desafio, trabalhar com essas flores marginalizadas de forma inovadora, queria conquistar os corações das pessoas com opiniões formadas e das que não haviam opinião simplesmente por não conhecer.

Minha missão até agora está sendo bem sucedida, já consegui tirar suspiros de arranjos com crisântemos, cravos e o último da semana foi com eles: Gladiolos, ou mais conhecida como Palma.

Eu fiquei tão apaixonada por essa flor e demorei um pouco para fazer amizade com ela, justamente pelo medo da rejeição do meu eleitorado. Mas finalmente, tomei coragem e fiz as entregas dessa semana com elas. O resultado? Mensagens agradecendo, perguntando que flores eram aquelas e muitos emoticons! :)

A lição que fica é que a vida é cheia de possibilidades, e a floricultura não tem limites!

#florianaflor #arranjodeflor #arranjofloral #vasodeflor #palmas #gladiolos #magnolia #vasodepedra #tatianaflorista #tatianavolpe #florista

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square